SEGURANÇA PARA PEDESTRES

Imprimir

Hoje 27/12/2014, é o Dia de São João Apóstolo, Dia do Desjejum (Islamismo).

Com o objetivo de diminuir os atropelamentos, principalmente no período noturno, os órgãos competentes que cuidam do trânsito nas grandes cidades procuram incessantemente soluções ou alternativas para que esse índice seja o menor possível.

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego da cidade de São Paulo – CET-SP, dos atropelamentos registrados, 45,6% ocorreram à noite, quando a visibilidade dos pedestres fica prejudicada.

O Road Research Laboratory da Inglaterra realizou uma análise do “antes/depois” após implantar um sistema de iluminação para a faixa de pedestres em várias cidades daquele pais, que indicou que houve redução de 47% dos acidentes noturnos envolvendo pedestres.

Com o mesmo objetivo (reduzir acidentes noturnos envolvendo pedestres), a CET – SP, em 03/07/1996, implantou a Travessia de Pedestres iluminada como um projeto piloto em frente ao Terminal Rodoviário do Tietê na pista sentido centro bairro.

Conforme os dados da CET – SP, neste local ocorreram 27 atropelamentos no período em que houve a aferição, sendo 56% no período noturno.

Após a implantação desse projeto, foi realizada a pesquisa de opinião com pedestres que a utilizavam e também com motoristas que por ali trafegavam com frequência. O resultado não foi surpresa para ninguém. Todos aprovaram, com pequenas variações, como as de que a intensidade do refletor poderia ser maior ou menor.

Com o resultado da pesquisa, a CET – SP desenvolveu um refletor especial com aletas laterais reguláveis para tão somente iluminar a travessia para que ela sobressaísse às demais iluminações da região chamando, assim, mais atenção dos motoristas.

Feita as modificações, foi constatado alguns aspectos positivos como maior concentração na luz na calçada mostrando a quantidade de pedestres à espera do fechamento do semáforo para poderem atravessar a rua, a faixa de luz canalizada induz o pedestre a atravessar corretamente, isto é, sem sair do foco iluminado.

No Youtube foi postado um filme mostrando o quanto melhora a visibilidade com e sem a iluminação da faixa para pedestres, elaborado pelo meu amigo Sérgio Barnabé da CET - SP. Assistam. Vale a pena, http://www.youtube.com/watch?v=w9JW4z7VzDs.

À época, chegou a ser desligada com o argumento que seria um gasto de energia desnecessário. Hoje, existem mais de 4000 travessias iluminadas instaladas, segundo recente pesquisa, quase 50% desativadas por falta de manutenção, problema que o atual prefeito Haddad está tentando resolver. Recentemente a cidade do Rio de janeiro também as adotou.

Pelo atual conceito de Planeta Inteligente, a IBM, diante da falta de criatividade de suas equipes de comunicação, resolveu perguntar a grupos de crianças como nosso planeta poderia ser mais inteligente, de forma simples como é característico das crianças.

Dentre muitas ideias originais, simples e convincentes, elas pensaram em como fazer um cruzamento mais seguro e que induzissem as pessoas a atravessarem as ruas utilizando a faixa destinada a elas. Como fazer para chamar mais atenção para a travessia? Na simplicidade e espontaneidade das crianças, uma pergunta veio da mesma forma. Se ela emitisse luz?

A ideia foi colocada em prática em uma das ruas mais movimentadas de Rotterdam (capital da província da Holanda do Sul) inicialmente improvisada com uma manta com sensores e placas de iluminação.

Quando a pessoa pisa na rampa da guia rebaixada, as faixas brancas acendem emitindo uma luz semelhante à emitida pelas lâmpadas fluorescentes. Brancas e fortes.

Assim fica difícil o condutor argumentar que não viu a faixa ou qualquer outra desculpa. Nitidamente para a segurança noturna para os pedestres.

Essa, sim, podemos chamar de faixa para pedestres iluminada. As que temos hoje em funcionamento na cidade de São Paulo e Rio de Janeiro são iluminações das faixas através de refletores direcionado a elas.

Mais recentemente, está em teste na Europa, ciclovias iluminadas com pequenos pontos com lâmpadas led acoplados a captação fotovoltaica (energia solar) e sensores de iluminação que acendem ao anoitecer facilitando a condução daqueles que são adeptos ao uso da bicicleta.

www.naganuma.com.br    Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.     Twitter - @mtnaganuma